Entrevista

Maurício Thadeu de Mello e Silva, mais conhecido como Requião Filho (PMDB). Nasceu em Outubro no dia 24 no ano de 1979. 

Formado em Direito é um dos mais novos deputados estaduais no Paraná. 

Pai de 2 filhos. Casado com Carolina. 

Se auto define como “uma pessoa beligerante”. 

2015 foi o seu primeiro ano na vida política e pública. 

Requião Filho aceitou falar conosco e é o nosso convidado desta semana. 

Nosso Paraná - Como foi a infância de Requião Filho?

Requião Filho - A infância a mais normal possível, com direito a almoço de sábado na casa da vó, macarronada de domingo na casa da outra vó, escola, vizinhos, e sempre ao lado do Roberto Requião. 

Nosso Paraná - O Rubro Negro da baixada ainda lhe deixa apreensivo? 

Requião Filho - Não, toda energia dispensada no futebol hoje vai para a política.

Nosso Paraná - Fazer Direito era um sonho antigo ou já teve em mente algum outro curso?

Requião Filho - Como toda criança, sonhava em ser bombeiro, astronauta, lixeiro... Essas coisas todas juntas. (Risos) Escolhi Direito por ser um curso completo, baseado na dialética e na desconstrução de argumentos alheios.

Nosso Paraná - Sua postura coesa no Legislativo Paranaense surpreende a Carolina - sua esposa - ou ela já está acostumada? Como é o Maurício em casa? O que o senhor gosta de fazer nas horas vagas?

Requião Filho- Sou assim como na tribuna. Tenho apenas uma palavra. Acredito que ela já esteja acostumada e goste disso. O Maurício em casa é uma versão mais light, até porque quem manda lá é a Carolina, e tento ser um bom pai. Com dois filhos de um ano de idade, o que mais gosto de fazer é ficar em casa com eles, com a família.

Nosso Paraná - Como fazer com que os jovens do Paraná tenham mais interesse pela política? De que forma pode ser incentivado? 

Requião Filho - A única saída é educação de qualidade, uma escola que ensine a pensar e a questionar. 

Nosso Paraná - Citado por Homero - Inconstante, como aura, é por natureza o pensamento dos jovens. Ser tratado como um jovem deputado lhe incomoda ou encara esta afirmativa como positiva?

Requião Filho - Ser jovem é não ter os vícios dos velhos deputados, da velha política. Ser tratado como um jovem deputado é uma honra. 

Nosso Paraná - Completa em fevereiro 1 ano do seu mandato como Deputado. Como o senhor avalia este período?

Requião Filho - De muito aprendizado e de grande conhecimento, infelizmente, da coisa obscura que se tornou o parlamento paranaense. 

Nosso Paraná - O Projeto de Lei Dia da Infâmia.

Requião Filho - O que aconteceu naquele 29 de Abril nunca será esquecido pelos paranaenses. Foi um cenário de guerra, um massacre que jamais imaginávamos. O Projeto de batizar o "Dia da Infâmia" está guardado em alguma gaveta da CCJ, infelizmente, esperando pela boa vontade dos deputados do camburão levarem a matéria ao plenário. 

Nosso Paraná - A Assembleia Legislativa do Paraná precisa de caras novas ? O senhor em algum momento se frustrou com o que viu lá dentro?

Requião Filho - É mais do que necessária uma Assembleia com mais qualidade, com mais liberdade, e que tenha noção do poder do papel legislativo. Eu me frustrei várias vezes ao confirmar o clichê de que é possível mudar a opinião de um deputado, mas não seu voto, pois este já está acertado. Infelizmente, percebi que na Assembleia Legislativa do Paraná há muitos vícios e se aprova qualquer coisa em troca de favores, não se fiscaliza o governo, não se debatem projetos, nem propostas. Infelizmente esta é a realidade da ALEP que encontrei, mas faço esse jogo. Estou de consciência tranquila, tentando fazer a diferença, a minha parte, com o voto que o eleitor, de fato, confiou a mim.

Nosso Paraná - Fruet foi um bom prefeito para Curitiba? 

Requião Filho - Curitiba merecia mais.

Nosso Paraná - Transporte Coletivo. 

Requião Filho - É preciso revisitar as origens do melhor transporte coletivo do Brasil, que já foi o mais barato, e mesclar isto com transparência, preço e modernidade. Se preciso for, anular os contratos antigos, buscando sempre atender a população, aos usuários e não aos donos das empresas. Defendo um transporte público, rápido, barato e transparente. Existe solução, basta ter coragem para implantar novas ideias e resolver os velhos problemas.

Nosso Paraná - O PMDB terá candidato à Prefeitura de Curitiba? 

Requião Filho - PMDB terá sim, não só em Curitiba, mas onde mais for possível. 

Nosso Paraná - Governo Beto Richa. Qual a sua avaliação? 

Requião Filho - A minha avaliação do governo Beto Richa é que foi uma fraude. Só existia em propagandas de televisão. Ele foi reeleito com base em mentiras e falsas promessas de programa eleitoral. Agora é desmascarado com um escândalo após o outro.

Nosso Paraná - Nós agradecemos a sua participação conosco e deixamos o espaço para suas considerações finais

Requião Filho - É preciso coragem para mudar e fazer a diferença na vida das pessoas, ou a política não valeria a pena. Tenho posicionamento, tenho lado, fui eleito para fiscalizar e faço política por paixão, para conseguir mudar alguma coisa, tenho este ideal de que com projetos de lei conseguiremos fazer melhorar a vida de todos, e trabalho dia-a-dia para isto.



Deixe o seu comentário