Editorial - 04/08/2019

As conversas da mesa ao lado confirmam a mesma impressão que temos do avanço que Paranaguá vem alcançando em diversas áreas, principalmente na saúde. 
O imperdível aconteceu e é importante tentar parar de falar como se o melhor já tivesse passado.

Vale pautar:

- Paranaguá e seus funcionários públicos com seus salários em dia, destoando o cenário estadual onde grande parte dos municípios não cumprem com suas obrigações no prazo legal;

- Mais de 80 quilômetros de ruas asfaltadas;

- 3 unidades de saúde inauguradas no mesmo mês; 

- Ilha dos Valadares com posto 24 horas;

Entre outras obras e ações que fazem dos adversários políticos de Marcelo Roque admitirem que está cada vez mais difícil vencê-lo na próxima disputa eleitoral. 

Vemos na linha opositora aqueles que ainda insistem em não declarar ser oposição. Sem perceber, assinam um atestado de que as coisas vão bem.
É sintomático e impossível não enxergar que os que “abandonaram o navio” estão nadando em círculos e morrer na praia poderá ser o fim daquilo que não começou. 

A oposição ainda não se encontrou e ainda em função da vaidade, correm o risco de serem muitos e sem querer e perceber, podem beneficiar a reeleição do atual gestor. 
É fato que ainda há muito a ser feito, entretanto é real que muito se fez sob o comando de Marcelo Roque. 

A grande aventura do período eleitoral vem criando corpo e em tempos cada vez mais inflamáveis, tristes são os que não encontram a beleza suficiente na realidade.





Deixe o seu comentário