Coren é quem define regras para estágio, que permite ações praticas. Semsap vai averiguar situação.

A Secretaria Municipal de Saúde e Prevenção (Semsap) vem a público esclarecer a questão do estágio supervisionado realizado na UPA, face a um vídeo publicado nas redes sociais neste final de semana. Tal situação foi tratada como se fosse uma irresponsabilidade da Prefeitura de Paranaguá, o que não corresponde com a verdade. 

É permitida a realização de estágio na UPA e em outras unidades, face a necessidade de formação de novos profissionais, que tem em sua grade de cursos a necessidade de conhecimentos teóricos e também práticos. Tal estágio tem supervisão tanto do professor quanto da entidade em que esse profissional está prestando o serviço. Sem esse conhecimento prático a formação fica prejudicada.

O Conselho Regional de Enfermagem (Coren) é quem estabele as regras para tal questão do estágio e a Semsap as segue irrestritamente. Mesmo assim, a situação que foi relata nas redes sociais será averiguada. Também haverá nova orientação às equipes das unidades de saúde sobre o rigor das regras do Coren que devem ser respeitadas, para que a população não fique exposta a perigos.

Importante esclarecer também que é normal haver transfixação (tentativa de punção da veia sem sucesso) na prática da enfermagem, não só para os estagiarios e até aos profissionais mais experientes. Em alguns pacientes há dificuldade para conseguir achar o acesso venoso para aplicação de medicamento e cabe ao profissional continuar tentando achá-lo, face a importância de tal procedimento para melhora do quadro clínico. Infelizmente, em alguns casos há edemas (inchaço), o que é compreensível também e que justifica-se devido a importância do tratamento que precisa ser realizado.

A Ouvidoria da Semsap está à disposição da população de Paranaguá para denuncias, reclamações é sugestões. O telefone é o (41) 3420-2806.

SECOM





Publicidade

Informe Publicitário


Deixe o seu comentário