Capacitações são contínuas e tem como foco auxiliar o olhar do educador com a criança
PMP

Reconhecer uma criança com autismo, realizar a inclusão desses alunos e conhecer as formas de passar conhecimento a eles em sala de aula é um trabalho diário. As estratégias educativas adaptadas direcionadas para o desenvolvimento da aprendizagem de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) requerem uma transformação que proporcione o avanço das inúmeras habilidades desses alunos. Pensando nisso, a Prefeitura de Paranaguá por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semedi) tem disponibilizado formações aos professores da Rede Municipal de Ensino.

Na manhã desta quinta-feira, 23, mais de 50 educadores participaram de formação no auditório da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá (Aciap) com palestra do neuropediatra Anderson Nitsche. “É fundamental contar com a parceria de um profissional da Saúde auxiliando para que as escolas consigam fazer uma triagem com mais qualidade”, avalia a secretária municipal de Educação, Vandecy Dutra. 

“A formação com profissional da saúde tem como maior foco facilitar o olhar do pedagogo com a criança. Auxiliando nessa identificação, ganhamos qualidade na triagem e atendimento dessa criança”, observa a secretária.

O neuropediatra Anderson Nitsche destaca a importância da capacitação. “A comunicação entre a saúde e a educação traz benefícios essenciais para essa criança. Esse movimento que tem sido feito é fundamental para podermos cuidar desses alunos”, avalia o neuropediatra.

PMP

“Temos nos deparado com um número grande de crianças com alguma dificuldade e se não tivéssemos essas formações, talvez não soubéssemos como dar o primeiro passo para trabalhar corretamente com elas”, ressalta a pedagoga Shirley Marodim Marques.

“O mundo está evoluindo a todo o momento e a educação também. Muito do que servia antigamente, hoje já não cabe mais, por isso essas capacitações vem fortalecer nossas práticas e isso colabora muito com o trabalho dentro das escolas”, analisa a pedagoga Eliane do Nascimento.

SECOM



CURTA O NOSSO PARANÁ NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO INSTAGRAM
@nosso_pr

Deixe o seu comentário