Cerimônia ocorreu na manhã desta sexta-feira, em frente ao canteiro de obras de um novo posto de saúde, no bairro Leblon. Foram investidos R$ 564 mil na aquisição dos dois veículos.
Rafael Pinheiro

O prefeito Marcelo Roque entregou na manhã desta sexta-feira (24) para a comunidade de Paranaguá duas ambulâncias de suporte avançado, que são verdadeiras Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) sobre rodas. A cerimônia ocorreu em frente ao canteiro de obras para construção de um novo posto de saúde, na avenida Coronel Santa Rita, no bairro Leblon. Diversas autoridades também participaram do evento, incluindo os vereadores Thiago Kutz, Nilo Ribeiro Monteiro, Eduardo Costa Oliveira, Adilson Soares Zella (Tucano) e Sargento Orley. 

Os veículos contam com equipamentos utilizados para ressuscitação e estabilização do paciente. Até partos podem ser realizados nas duas ambulâncias, que possuem ainda com UTI neonatal, para atender bebês em situação de emergência. 

Foram investidos R$ 564 mil na compra dos dois veículos, com custo de R$ 282 mil cada e recursos do próprio cofre da Prefeitura de Paranaguá. Desde o início da administração do prefeito Marcelo Roque foram investidos um total de R$ 3,4 milhões para a compra de 28 veículos (incluindo as duas ambulâncias entregues nesta sexta-feira). 

Embora constitucionalmente seja papel do Serviço do Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fazer o transporte de pacientes em situação de urgência e emergência, após regulação médica, a intenção é que as duas UTIs dêem suporte, tendo como pontos de referência a unidade de saúde 24 horas Rodrigo Gomes, na Ilha dos Valadares, e o Pronto Atendimento (UPA). A intenção é prestar auxílio de pacientes em estado crítico até uma unidade hospitalar. 

O prefeito Marcelo Roque destacou a novidade importante, que visa “cuidar ainda mais da saúde da população de Paranaguá”. “Este é um setor que tem que ser melhorado todo dia. Como dizia meu pai (ex-prefeito Mário Roque), a par e passo vamos melhorando a saúde de Paranaguá. Isso estamos fazendo com muita competência e com muita união, porque sem isso não se faz nada”, analisou o prefeito. 

Para Marcelo Roque, que preside o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Litoral do Paraná (Cislipa), a Secretaria Municipal de Saúde possuir duas UTIs móveis representa “um apoio importante para o Samu”. 

O presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Dougiva, afirmou que “mais uma vez ficamos lisonjeados com o trabalho transparente da aplicação dos recursos”. “Vemos com isso o progresso na saúde. Claro que tem muitas coisas a serem feitas, mas estamos de mãos dadas, apoiando essa gestão. O conselho não faz política, a não ser a pública. Queremos ver uma Paranaguá fortalecida”, salientou o dirigente. 

O vereador Thiago Kutz, que compõe a comissão de saúde da Câmara Municipal, parabenizou o prefeito Marcelo e a equipe da Secretaria de Saúde pelas aquisições. “Isso é prova de que estamos dando a atenção que a saúde merece. Parabéns a todos os envolvidos nestes projetos, que com certeza, trazem resultados positivos para Paranaguá. E com certeza absoluta a Câmara está apoiando isso”, declarou o parlamentar.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro, além dos atendimentos emergenciais, as duas ambulâncias também servirão para beneficiar os cerca de 300 pacientes acamados de Paranaguá. “Já saiu decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de que o município é solidário do Estado e da União sobre a questão de urgência e emergência e de medicamentos. Ele não quer saber quem vai pagar a conta, mas sim a resposta que tem a ser dada à população” declarou. 

A compra das duas ambulâncias de suporte avançado ocorreu por uma questão de planejamento, conforme a secretária Lígia Regina. “Temos que nos preparar e prever que haja situação emergencial e se isso acontecer devemos ter suporte para dar apoio ao Samu, Corpo de Bombeiros e para o Hospital Regional do Litoral”, declarou a secretária, para quem a aquisição das UTIs representa que “demos um passo muito importante, um marco para a saúde de Paranaguá”. 

MAIS INVESTIMENTOS EM SAÚDE

O prefeito Marcelo Roque ainda enumerou alguns outros investimentos que já foram realizados pela administração atual, iniciada em janeiro de 2017, na área de saúde. “Melhoramos os plantões na UPA, que agora têm médicos, implantamos o atendimento em horário estendido em algumas unidades, investimos R$ 3,5 milhões somente em veículos para a Saúde, passamos a entregar os kits lanches às pessoas que vão a Curitiba e municípios da região metropolitana para tratamento médico e ainda aos pacientes em tratamento da tuberculose, dentre outras ações”, destacou o prefeito. 

Outros investimentos estão sendo feitos na construção de três unidades básicas de saúde, que devem ser entregues nas comemorações do aniversário de 371 anos de Paranaguá, em julho. Elas estão localizadas nos bairros Leblon, Porto Seguro e Ilha dos Valadares. 

Outra medida que vai beneficiar bastante a população de Paranaguá, sobretudo a que faz tratamento contra o câncer, é a instalação da unidade avançada do Hospital Erasto Gaertner, ao lado da sede da Secretaria Municipal de Saúde. As licitações para construção e compra de equipamentos e mobiliários estão em fase avançada, mas ainda não há previsão para entrega. 

SECOM

Nosso Paraná transmitiu a solenidade ao vivo




CURTA O NOSSO PARANÁ NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO INSTAGRAM
@nosso_pr

Deixe o seu comentário